O Arquiteto Geraldo Lamego, fluminense, nascido em Campos dos Goytacazes na fazenda dos avós, o “Solar dos Ayrizes”, belo exemplo de arquitetura colonial, veio para o Rio para cursar a Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil. Depois de formado foi para a França e lá permaneceu durante cinco anos, trabalhando no “Atelier d’Urbanisme” da Prefeitura de Paris, além de cursar urbanismo na “Sorbonne” e feitos cursos sobre arte em geral e desenho artístico na “Academia Julien”.

Voltando ao Brasil, trabalhou como arquiteto - urbanista e, finalmente, se dedicou a arquitetura de interiores. Hoje é um dos mais renomados profissionais da área, com trabalhos não só no Rio, como em diversos estados do país e exterior.

Conhecedor profundo de estilos , sempre se atualizou e vem inovando, constantemente, lançando tendências, com grande percepção de futuro.

Com característica propria e marcante, procura sempre o contemporâneo,  sem se deixar levar por modismos. Cada cliente tem seu ideal, seu sonho, logo isto leva  a um resultado particular. Portanto os projetos se diferem entre eles, assim como os estilos. O papel do arquiteto é projetar para o cliente, tentando alcançar seu ideal, com harmonia, funcionalidade e estética.

Como ótimo desenhista, se dedica também às artes plásticas, principalmente à pintura, embora muito conhecido por seus retratos à "grafite" e bico de pena.

Sua sócia e responsável pelo escritório, sempre presente e eficiente é sua irmã Ana Maria Corrêa Lamego.